Em agosto | Prefeitura adquire cerca de 280 toneladas de alimentos pelo PAA

A Secretaria de Agricultura e Pecuária (Seagri) de Sobral, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Extrema Pobreza (Seds) e o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), deu início, neste mês de agosto, à execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Ao todo, serão R$ 1.432.584,89 destinados à compra de 274 toneladas de alimentos diretamente produzidos pelos produtores da agricultura familiar do Município. Os itens adquiridos irão suprir a demanda da rede de atendimento social de Sobral. 

 “No total, 220 famílias estão aptas a comercializam seus produtos para o PAA por meio da Compra Direta Local da Agricultura Familiar (CDLAF)”, afirmou a titular da Seagri, Luiza Barreto. “O período de execução se estenderá até o mês de dezembro, e irá beneficiar mais de 10 mil pessoas nas 29 instituições da rede social cadastradas na Seagri”, concluiu.

Para vender sua produção, as famílias precisam estar cadastradas no PAA, ter o Documento de Aptidão do Produtor (DAP) em dia e possuir o Cartão PAA, que garante o repasse de seus pagamentos. “Se houver algum problema no cadastro eles devem procurar a Seagri. Para atualização do DAP e aquisição do Cartão PAA, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e a Ematerce também devem ser acionados”, explicou a técnica da Seagri, Dágila Travi.

Entre os produtos a serem adquiridos, destacam-se galinha caipira, biscoito caseiro, mandioquinha, abóbora, milho, melancia, cheiro-verde, mel de abelha, manga, feijão verde e banana. Serão beneficiadas instituições como o Restaurante Popular, a Casa Belém, a Associações Comunitárias, os Abrigos São Francisco e Coração de Jesus, a Santa Casa de Misericórdia, o Programa Trevo de Quatro Folhas e a Rede de Solidariedade Positiva.