X Conferência Municipal de Assistência Social planeja os próximos dez anos do Suas


Na última quinta-feira (13), o Centro de Convenções de Sobral foi palco da X Conferência Municipal de Assistência Social. O evento abriu espaço para o debate e, principalmente, proposições em relação à prestação de serviço de qualidade pelo Sistema Único de Assistência Social (Suas). “O Suas é muito novo e ainda tem muita coisa pra se fazer. Aqui temos a oportunidade de pensá-lo e avaliá-lo. Como estamos hoje e como o queremos estar daqui a dez anos”, afirmou a representante da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Extrema Pobreza (Seds) de Sobral, Margarida Melo.

Este ano o Sistema Único de Assistência Social completou dez anos de implantação, e com o tema escolhido, ‘Consolidar o Suas de vez, rumo a 2026’, o evento foi direcionado para planejar os próximos dez anos. A presidente em exercício do Conselho Municipal de Assistência Social (Cmas), Maria do Socorro de Paulo, falou da importância de projetar ações futuras. “Estamos aqui para avaliar e propor diretrizes, para pensarmos dez anos à frente. Vamos projetar o que precisamos fazer para teRMos o Suas que queremos”. 

Durante o encontro, a assistente social e tutora do Sistema Saúde Escola da Secretaria da Saúde do Município, Nora Ney Lima, ministrou palestra sobre a necessidade de intersetorialidade e responsabilização no Suas e sua natureza revolucionária. “Na história política do nosso país, algumas pessoas e populações foram discriminadas, excluídas, apartadas socialmente. Um sistema novo, que se organiza por meio de uma rede unificada de assistência social, que pretende trabalhar esta inclusão, trazendo um novo modelo de sociedade, mais justa, só posso ver como revolucionário”, declarou.

Diferentes eixos de discussão foram promovidos abordando dignidade humana e justiça social, responsabilidade do Estado no Suas e o direito à assistência social. Entre as muitas propostas elaboradas pelos participantes, aumento do co-financiamento de Municípios, Estados e União, as melhorias na infraestrutura de transportes, concurso e valorização dos servidores do Suas, e a criação de casas de apoio à mulher vítima de violência e para dependentes químicos. Este material será levado pelos delegados para a conferência estadual, que acontecerá em Fortaleza, entre os dias 7 e 9 de outubro.

Os delegados escolhidos durante a Conferência são:
Representantes do poder público 
Nara Luiza Silva Mota
Andreyssa Aguiar
Jean Ávila

Representantes da sociedade civil
Cristiano Peres Barboza
Paloma Lírio Santos Maia
Ana Patrícia Oliveira