População do Residencial Nova Caiçara se reúne para formalização do manual de convivência


Cerca de mil moradores do Residencial Nova Caiçara se reuniram, na noite da última quinta-feira (17), para o último encontro de construção das normas de convivência. Ao todo, mais de 80 acordos foram estabelecidos pelos moradores, que tiveram o apoio da Prefeitura de Sobral. Como forma de comprometimento, a população assinou um termo de responsabilidade que visa ampliar a qualidade de vida de todos os moradores.


“Foi um trabalho realizado com muito carinho e dedicação, tanto por nós, da Prefeitura, quanto pelos próprios moradores, que são os responsáveis diretos pela criação desses acordos”, explicou a titular da Secretaria de Urbanismo, Patrimônio Histórico e Meio Ambiente, Gizella Gomes. Segundo ela, “a intenção é fazer com que as nossas famílias vivam felizes, sossegadas, em paz e com o conforto necessário para manter uma vida digna, com acesso a saúde, educação, lazer e infraestrutura”, finalizou.

No decorrer do encontro, a Secretária fez a leitura oficial dos termos estabelecidos em comunhão com a população, que aborda pontos como criação de animais, barulho, comércio e acesso a áreas comuns. Em seguida, os moradores assinaram o termo de responsabilidade de cumprimento desses acordos. “Essa é mais uma oportunidade de provar que somos uma comunidade, que vivemos em união e democraticamente felizes, esses acordos só tendem a melhorar a nossa convivência”, ressaltou a dona de casa e moradora do conjunto habitacional, Vera Santos.

Regras de convivência

Durante todo este ano, a Prefeitura de Sobral, através da Secretaria de Urbanismo, Patrimônio Histórico e Meio Ambiente (Seurb), realizou diversas reuniões com líderes comunitários e moradores do Residencial Nova Caiçara para ouvi-los e, juntos, estabelecer acordos de convivência que ampliem o conforto e a qualidade de vida dos moradores.