Diocese de Sobral celebra centenário com missa na Catedral da Sé

Comemorando 100 anos de sua fundação, a Diocese de Sobral realizou, no domingo (8), na praça da Catedral da Sé, uma missa solene presidida pelo Cardeal Dom Cláudio Hummes e concelebrada por Dom Vasconcelos, Dom Aldo Pagotto, Dom Fernando Saburido e Dom Odelir Magri, que reuniu centenas de fieis, entre eles o prefeito Veveu Arruda e os deputados Leônidas Cristino, Professor Teodoro Soares e Ivo Gomes.


Durante a missa do centenário da Diocese de Sobral, o Cardeal Dom Cláudio Hummes falou sobre o papel da igreja na transformação da sociedade, lembrando as palavras do Papa Francisco: a Igreja precisa abrir as portas para todos entrarem. Mas, especialmente, para sair para as periferias, ao encontro dos mais pobres, dos descartados, dos invisíveis”.

“Neste momento do centenário, em que nós temos muito o que comemorar, nos alegrar e aplaudir da história de Sobral e da Diocese, devemos olhar para o futuro com as lições e experiência do passado, para continuar essa obra centenária da nossa Diocese da evangelização, da força da fé e, ao mesmo tempo, com o compromisso de melhorar a vida de todos, especialmente, daqueles que mais precisam”, disse o prefeito Veveu em suas palavras aos fieis presentes.


Dentro da ampla programação festiva, o Prefeito de Sobral também participou da visita ao Museu Dom José, ocasião na qual foi lançado o Selo postal comemorativo do centenário da Diocese de Sobral. Veveu Arruda também esteve  em um almoço festivo com os bispos. Na terça-feira (10), às 18h, será celebrada uma missa em ação de graças pelos 100 anos da Diocese; às 19h, será inaugurado o Monumento Comemorativo do Centenário, na Praça Quirino Rodrigues; e, às 20h, será lançado o livro histórico comemorativo do centenário, no auditório Dom Walfrido.