Residencial Jatobá | Prefeitura de Sobral promoverá segundo casamento comunitário do projeto 'Família de Fato e de Direito'

Dentro dos preparativos para a realização do segundo casamento comunitário do Projeto 'Família de Fato e de Direito', a Prefeitura de Sobral reuniu, na terça-feira (17), os 20 casais do Residencial Jatobá que oficializarão a união no próximo dia 6 de dezembro, no conjunto habitacional. Na oportunidade, os noivos conheceram suas ‘Madrinhas Solidárias’, que irão colaborar para a realização da cerimônia.

Fiquei muito feliz com a escolha da minha madrinha. Nos conhecemos hoje e ela já disse que vai dar meu vestido e o paletó do meu noivo. Parece um sonho, mas é real!”, comemorou a dona de casa Izolda Vasconcelos, que será apadrinhada pela  empresária, Adriana Linhares.

A empresária também falou com entusiasmo da ação, “essa iniciativa da Prefeitura de unir as pessoas é fantástica. Quando fui convidada para apoiar o Projeto fiquei imensamente feliz e de cara aceitei, pois colaborar com a felicidade das pessoas é realizar um bem comunitário que proporciona paz, amor e união, ou seja, os três elementos que o mundo necessita”.

Para nós que fazemos parte da gestão Veveu Arruda é uma enorme satisfação realizar a cerimônia desses 20 casais, pois entendemos que na maioria das vezes, eles têm essa vontade, mas por uma série de fatores, principalmente o financeiro, essa oficialização acaba sendo adiada. Esperamos que o Projeto cresça ainda mais e viabilize a felicidade de muitos outros casais sobralenses”, destacou a secretária de Desenvolvimento Social e Combate à Extrema Pobreza, Valdízia Bezerra.

O Projeto 'Família de fato e de Direito' é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Extrema Pobreza (Seds) e Secretaria de Urbanismo, Patrimônio Histórico e Meio Ambiente (Seurb).


‘Família de Fato e de Direito’


Idealizado pelo prefeito Veveu Arruda, o Projeto ‘Família de Fato e de Direito’ está em sua segunda edição, em Sobral. Em julho deste ano, 30 casais do Residencial Nova Caiçara oficializaram sua união durante o primeiro casamento comunitário realizado no conjunto habitacional. Desta vez, mais 20 casais, do Residencial Jatobá, celebrarão o matrimônio ao lado de amigos e familiares.

É muito importante que o ambiente de convivência das pessoas seja de fraternidade, de amor, de bem querer. E esse foi nosso propósito ao planejarmos o casamento comunitário, pensamos na felicidade das famílias, explicou Veveu Arruda.