Gente Solidária | Fundos Rotativos Solidários geram crescimento de capital e garantem investimentos nos grupos produtivos dos distritos


Após pouco mais de dois meses da criação dos Fundos Rotativos Solidários (FRS), como parte do Projeto Gente Solidária, os grupos produtivos dos distritos de Aracatiaçu, Jaibaras, Trapiá e Taperuaba já registram crescimento. Os quatro FRS juntos acumulam mais de R$ 3.700,00 investidos e contam com 74 associados. Estes recursos aplicados nos FRS, primeiramente pelos seus afiliados, serão usados para financiar os produtores destes distritos participantes do Programa Gente Solidária.

O objetivo é fortalecer os grupos econômicos solidários. Os membros dos Fundos poupam e recebem o benefício, por empréstimos, mas também pensam no outro participante que precisa ter igual direito, como ele. É a solidariedade que faz dar certo e assim todas as pessoas da comunidade desfrutam deste benefício e não há competição”, ressaltou a coordenadora do Gente Solidária, Margarida Melo.




A criação dos Fundos Rotativos Solidários (FRS) é considerada uma etapa primordial no desenvolvimento do Gente Solidária. Isto porque a criação de fundos é uma das melhores formas para financiar os próprios produtores. Os recursos captados pelos participantes dos FRS ficam disponíveis para empréstimos entre eles, com juros de 1%, e em alguns casos sem juros, mas com metas de investimento, gerando novos recursos para o crescimento dos Fundos. Para o crescimento dos FRS, os participantes estão organizando novas formas de captação de recursos, como bingos em Trapiá e bazar de roupas em Aracatiaçu.

O Gente Solidária é desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Extrema Pobreza de Sobral em parceria com o Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH) e atua na formação contínua, fomentando o desenvolvimento de empreendimentos solidários, oferecendo suporte técnico e financeiro aos mesmos, além de facilitar a comercialização das mercadorias produzidas por estes grupos, como forma de garantir a ampliação da renda.