Projeto São José garantirá água encanada para mais de 900 famílias na zona rural de Sobral


Para capacitar os moradores das comunidades beneficiadas com sistemas de abastecimento de água, uma equipe técnica do Projeto São José III esteve, nos dias 14 e 15 de janeiro, nas localidades de Estivas, no distrito de Aracatiaçu; Várzea da Pedra, no distrito de Caioca; Pedra Branca, na zona rural de Sobral; e Setor VI, no distrito de Jaibaras. Nessas localidades foi iniciada a implantação de sistemas de abastecimento de água comunitário e módulos sanitários, beneficiando 342 famílias.

O Município apoia na identificação, elaboração do projeto, estudos necessários, organização de documentos e acompanhamento do processo. “Nesses encontros foram formados grupos gestores em cada comunidade que irão propor um projeto de gestão ambiental como contrapartida para o projeto São José, tais como: destinação correta do lixo, reflorestamento de áreas degradadas, plantio de matas ciliares, conservação de matas nativas e outras medidas de proteção dos recursos naturais das regiões beneficiadas”, explicou a secretária de Agricultura e Pecuária de Sobral, Luiza Barreto.


Já contam com sistemas de abastecimento de água em funcionamento 559 famílias das localidades de São Domingos, Cedro/Trapiá, Pé de Serra do Cedro e Jaburuna, no Distrito de Jaibaras; do Assentamento Bonsucesso/São Joaquim, no distrito de Patos; e da comunidade de Formosa/Purpurema, no distrito de Bonfim. Através do Projeto São José III, do Governo do Estado do Ceará, essas famílias contam com bombeamento; instalação de adutora; instalação de caixas d’água, além de tratamento e distribuição residencial com hidrômetro; e módulos sanitários que incluem sanitário, chuveiro, fossa séptica e um ponto luz no banheiro para cada família.

O investimento total nos sistemas de abastecimento de água e módulos sanitários é de mais de R$4 milhões, beneficiado cerca de 900 famílias promovendo saúde e o desenvolvimento das comunidades rurais no interior do Ceará. O Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável (São José III) é executado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), com financiamento do Banco Mundial e contrapartida do Governo do Estado.