Lançada 2ª edição da coleção Cronologia Sobralense de Padre Sadoc


O prefeito Veveu Arruda e o secretário Estadual da Cultura, Fabiano dos Santos, participaram, na quinta-feira (14), da solenidade de lançamento da 2ª edição da coleção 'Cronologia Sobralense', de autoria do Pe. Francisco Sadoc de Araújo. Como parte do Projeto Edição Histórias de Sobral o evento reuniu estudantes e autoridades no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).
O prefeito Veveu destacou a importância da obra, republicado 38 anos após sua 1ª edição. “Entregamos à população de Sobral esse cincos volumes que possuem informações preciosíssimas sobre a história de Sobral, da nossa Região e a história do Ceará. E fazemos isso também como uma homenagem ao Padre Sadoc. Estamos fazendo um esforço para contribuir para que a população de Sobral possa ter acesso a uma fonte primária de pesquisa para formular as suas interpretações do nosso lugar”.

A cronologia registra a sucessão de acontecimentos, em mais de três séculos de história, que marcaram a formação e evolução sociocultural de Sobral. Fruto de 16 anos de pesquisas minuciosas, em árdua investigação nas mais variadas fontes, a obra revela em suas cerca de 1.600 páginas raízes familiares, laços de consanguinidade de inúmeros troncos ancestrais, desnudando a procedência da sociedade da zona norte do Ceará.




A cidade de Sobral é uma das cidades mais importantes do sertão brasileiro. Parte da história passa por esse livro que agora está nas mãos dos estudiosos, pesquisadores e isso é muito importante porque a cultura passa pelo conhecimento e pela sobralense para preservação e promoção da sua memória”, disse o secretário Fabiano dos Santos.

A solenidade também contou com a presença da secretária da Cultura e do Turismo de Sobral, Eliane Leite; da vice-reitora da UVA, Izabelle Mont’Alverne; do vigário geral da Diocese de Sobral, padre Gonçalo de Pinho; do presidente a Academia Sobralense de Estudos e Letras, João Edson de Andrade; do presidente da Escola de Cultura, Comunicação, Ofícios e Artes (Ecoa Sobral), Roberto Galvão; o presidente da Academia Sobralense de Letras Jurídicas, José Inácio Linhares; e do diretor do campus da UFC de Sobral, Vicente Pinto.