Prefeitura intensifica blitze volantes para identificar mototaxistas piratas

A Prefeitura do Município realizou, na sexta-feira (15), mais uma blitz volante da Campanha 'Mototáxi pirata, não se deixe levar' em vários pontos da cidade. A ação, que teve início às 8h30, partiu da Guarda Municipal, percorreu as ruas do Centro e seguiu até o Mercado Público.


Durante a blitz, coordenada pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconv), dois mototaxistas clandestinos foram identificados e multados. "Essa ação foi intensificada com o objetivo de proteger a população dos riscos desse tipo de serviço", explicou o gerente de Transportes, José Prado Parente, que contou com a ajuda dos fiscais da Coordenadoria de Trânsito e Transporte Urbano de Sobral (CTTU).

A multa para os mototaxistas que atuam na clandestinidade varia de R$60 a R$500. Além disso, aqueles que forem pegos exercendo a profissão de forma irregular serão encaminhados à Polícia Civil e autuados por exercício ilegal da profissão. Para denunciar, basta ligar para o número (88)3611-7608.

734 novos coletes para os mototaxistas

238 coletes de identificação estão sendo entregues, desde a última quarta-feira (13), aos mototaxistas de Sobral. Os equipamentos estão sendo oferecidos pela Prefeitura Municipal como forma de incentivo à regularização da atividade, à garantia da segurança e reconhecimento ao serviço prestado. Até o fim do mês de abril, todos os 734 profissionais receberão o benefício.