Realizada em Sobral audiência pública do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência



Construir junto com a sociedade estratégias para prevenção da violência envolvendo jovens e adolescentes, foi o objetivo da audiência pública realizada, na terça-feira (17), no Centro Educacional Prefeito José Euclides Ferreira Gomes Jr (Cirão). O evento foi uma iniciativa do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, presidido pelo deputado estadual Ivo Gomes, e contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, do vice-prefeito Carlos Hilton Soares, dos deputados José Airton Brasil, Augusta Brito e Renato Roseno, além de vereadores e da juventude sobralense.



De acordo com o deputado Ivo Gomes, “estamos aqui para ouvi-los sobre um fenômeno que entristece toda a sociedade cearense e brasileira, que é o envolvimento de adolescentes em homicídios, seja como autores ou vítimas. O Ceará ocupa a terceira posição no Brasil em número de homicídios na adolescência. Nós acreditamos que esse fenômeno tem uma explicação e precisa ser combatido. Estamos realizando uma investigação aprofundada, pesquisando as histórias de vida desses adolescentes, desde o nascimento, ouvindo as famílias e os próprios jovens buscando explicações para além das condições socioeconômicas, na própria formação das famílias, da comunidade e o que faltou no que diz respeito à ação do governo que evitasse que ele entrasse nesse mundo”.




As propostas sugeridas nas audiências, juntamente com o resultado da pesquisa de campo (feita com as famílias de adolescentes assassinados e com adolescentes que cometeram homicídios e que cumprem medida socioeducativa) e as considerações resultantes de seminários temáticos irão compor o relatório do Comitê, que será entregue a gestores, sociedade civil organizada e a todas as instâncias responsáveis.

É uma importante iniciativa para enfrentarmos esse gravíssimo problema que afeta a todos nós, que é a violência nos diversos tipos de manifestações. Precisamos unir forças. Um dos pontos onde esse problema se apresenta de forma ainda dura, mostrando toda sua ação deletéria para a sociedade, é exatamente quando vemos os jovens afetados. Com a pesquisa podemos achar respostas que nos ajudem e direcionem nossas ações e políticas públicas”, avaliou a vice-governador Izolda Cela.

Para o prefeito Veveu Arruda, "esta inteligente iniciativa do deputado Ivo, apoiada pela Assembleia Legislativa, cumprirá um papel fundamental para compreender científicamente as causas da violência na juventude. Trata-se de um estudo pioneiro que além de proporcionar o entendimento das causas, também indicará as melhores estratégias e ações para a superação desta violência, construindo perspectivas positivas para a juventude numa vida afetuosa é pacífica”.

O Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência é uma iniciativa da Assembleia Legislativa do Ceará, em parceria com o Governo do Estado do Ceará e Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que tem o objetivo de compreender o fenômeno da violência entre os jovens – com foco na faixa etária de 10 a 19 anos – e elaborar propostas de políticas públicas que apontem para a prevenção e a redução de homicídios cometidos por adolescentes e contra adolescentes no Ceará.