Secretaria da Saúde realiza Congresso de Territorialização nos Centro de Saúde da Família


Com o objetivo de fortalecer a atuação dos Centros de Saúde da Família (CSF) nos territórios, a Secretaria da Saúde, por meio da Atenção Primária, está realizando nos dias 5 e 6 de maio, no auditório do Centro de Educação a Distância do Ceará (CED), o Congresso de Territorialização com representantes de todos os CSF do Município.

No ano passado a territorialização foi voltada para o número de pessoas assistidas por cada unidade de saúde, assim identificamos as situações mais comuns dentro do Município”, explicou Joseane Dorneles, coordenadora da Atenção à Saúde de Sobral. Neste Congresso, além da recontagem, os profissionais estão aprofundando a questão da classificação de risco das famílias, situação socioeconômica, acesso ao abastecimento de água nas casas, além de considerar as condições clínicas patológicas. O objetivo é que, juntando todos os indicadores, os gerentes das unidades básicas de saúde possam definir o grau de necessidade da família para intervirem dentro dos territórios, conforme a realidade.

A secretária da Saúde, Mônica Lima, destacou a importância da colaboração de todos para o aperfeiçoamento do processo. “Agradeço a compreensão, o tempo e a dedicação de vocês. Uma pessoa nunca irá fazer nada sozinha, a equipe precisa estar unida e é esse trabalho de vocês que mostra a força que temos para melhorar a vida dos sobralenses”.

Já o vice prefeito Carlos Hilton Soares, lembrou da primeira vez que a saúde pública de Sobral se reuniu para fazer um congresso de territorialização. “Lembro que a primeira vez que fizemos um congresso, no ano de 1996, nos reunimos na UVA e enchemos as salas para buscar melhorar a saúde do município, e foi desse movimento de saúde pública que surgiu o processo organizativo da saúde de Sobral que conhecemos hoje”.