Blitz da campanha 'Mototáxi pirata, não se deixe levar' identifica condutor exercendo atividade irregularmente


Dando continuidade às ações de segurança no trânsito, a Prefeitura do Município realizou, nesta quinta-feira (16), mais uma ação de fiscalização como parte da campanha 'Mototaxi pirata, não se deixe levar'. A ação, que percorreu vários pontos da cidade, foi coordenada pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconv) e contou com o apoio dos fiscais da Coordenação de Transportes, da Guarda Municipal e Coordenadoria de Trânsito (CTTU).

Durante a mobilização, um mototaxista clandestino foi identificado, multado e teve a moto apreendida. "Estamos intensificando a fiscalização com o objetivo de proteger a população dos riscos desse tipo de serviço", explicou o gerente de Transportes, José Prado. Segundo o titular da Seconv, Jorge Trindade, “a blitz, além de assegurar os passageiros, valoriza o trabalho dos mototaxistas regulares”.

Os condutores que forem pegos exercendo a profissão de forma irregular, serão encaminhados à Polícia Civil e autuados por exercício ilegal da profissão. Além disso, a multa para os clandestinos varia entre R$60 e R$500. A população sobralense também pode contribuir com a campanha, denunciando irregularidades por meio do número (88)3611-7608.