Escola de Música de Sobral é destaque na página do Ministério da Cultura


Referência no ensino musical na Região Norte, a Escola de Música de Sobral foi destaque, nesta quarta-feira (8), da página do Ministério da Cultura (MinC). A matéria de título ‘Xote, forró e xaxado na passagem da tocha em Sobral’ destaca o empenho das bandas pertencentes à Escola de Música para receber a tão esperada passagem da tocha olímpica pelo Município, bem como o importante papel do maestro José Brasil, diretor da escola, e um escolhidos para o revezamento.

Nos últimos dias, bandas da escola intensificaram os ensaios. O motivo é a passagem, nesta quarta-feira (8), da Tocha Olímpica pela cidade. É a banda maestro Zé Pedro, da escola, que a recepcionará na chegada. Outros grupos, como os Cuequinhas, também fazem parte da programação cultural que será apresentada. No repertório, ritmos típicos da região: forró, xaxado, xote e baião” ressaltou a publicação que também destacou a participação do maestro no evento olímpico. “Estou indo pela cultura e pela música. Acredito que a música muda a postura e a visão de mundo das pessoas", disse. "Este momento é importante porque coloca a cidade no circuito mundial e chama a atenção para a cultura e para o trabalho que realizamos".

Outro aspecto observado na matéria foi o papel de difusão e disseminação cultural desenvolvido pela Escola, que proporciona oportunidade para jovens de todas as classes. “Com trabalho de formação, a escola, mantida pela Prefeitura, também representa, para muitos jovens, a oportunidade de driblar obstáculos financeiros e sociais. É o caso de Jéssica Palhano, 20 anos, que veio de São Paulo para Sobral, aos 13" (...) "A música representa grande parte da minha formação como pessoa. Desde quando comecei, a gente aprende a trabalhar em grupo, a ser mais paciente e fica cercado de pessoas que querem ajudar. E você tem que ter tempo para se dedicar àquilo, não há tempo para pensar em outras coisas, como criminalidade”.

Com 18 anos de atuação, a Escola de Música de Sobral oferece 23 cursos, atendendo a mais de 600 alunos, a maioria, oriundos da rede pública do Município e cidades vizinhas. Além disso, o equipamento leva perspectiva, por meio formação pessoal e profissional, para seus alunos.

Confira AQUI a matéria completa