Inaugurado Núcleo de Estimulação Precoce na Policlínica de Sobral



Visando atender crianças com distúrbios do desenvolvimento neuropsicomotor, como a microcefalia, paralisia cerebral e síndrome de Down, nesta quinta-feira (9), o Governo do Estado do Ceará inaugurou o Núcleo de Estimulação Precoce da Policlínica Regional de Sobral, que atenderá 24 municípios da região. O serviço já está em funcionamento em 10 policlínicas e funciona com equipe multidisciplinar formada por fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo e pediatra ou neuropediatra. 


A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, falou da importância da articulação entre as instituições, como as prefeituras, o Governo do Estado, o Unicef e a Universidade Federal do Ceará, e do cuidado na primeira infância. “Quando uma criança nasce com algum tipo de ocorrência que afetou o cérebro e gerou algum tipo de deficiência, um cuidado ainda mais especial essas crianças precisam. Porque se elas tiverem uma estimulação bem feita elas podem ganhar muitas competências e não vão ficar deitadas numa rede, tidas como incapaz. Uma criança se for bem estimulada tem mais chances de ser mais inteligente, de ser mais compreensiva, tem mais chance de se adaptar melhor na vida, de conviver melhor com as pessoas”.

A equipe multidisciplinar foi capacitada e será acompanhada pela UFC, que fará pesquisa sobre a evolução dessas crianças. “Queremos garantir o direito das nossas crianças se desenvolverem bem junto das suas famílias, no seu município e mais próximo deles. O Programa Mais Infância Ceará também engloba a construção de creches, implantação de parquinhos nas praças, adequação de outras creches com espaços lúdicos, formação de agentes de saúde, de professores e de técnicos do CRAS, com foco na primeira infância”, afirma a primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana, idealizadora da implantação dos Núcleos de Estimulação Precoce nas policlínicas do Estado.





Com essa iniciativa será oferecido atendimento especializado e qualificado, que assegure o direito à vida e à vida de qualidade e isso se articula com outras políticas que são conduzidas pelo Governo do Estado em parceria com as prefeituras no sentido de fortalecer a primeira infância que vai do nascimento aos primeiros seis anos de vida, fundamental para a formação do ser humano”, afirmou o prefeito Veveu Arruda.



O coordenador do escritório do UNICEF para o Ceará, Rui Aguiar, destacou os avanços em prol dos direitos da criança e do adolescente em Sobral. “Uma cidade que conseguiu reduzir para parâmetro de primeiro mundo a mortalidade materna e infantil, ter avançado na educação, dá um passo importante, de maneira integrada com o Governo do Estado, por um grupo de crianças que há 20 anos não interessava a ninguém e ficava em casa, mofando dentro de uma rede. Se abre um novo direito, o direito à estimulação precoce. A lição que estou levando de Sobral é que Toda criança pode dar certo, desde que tenha o suporte da família e o serviço público adequado”.