A partir desta segunda-feira (7) | Novo sistema eletrônico de Ouvidoria garante mais praticidade aos cidadãos sobralenses

A partir da próxima segunda-feira (7), a Prefeitura de Sobral disponibilizará o novo formato do Sistema da Ouvidoria e Controladoria do Município. O objetivo do serviço é oferecer ao cidadão um canal simples e de fácil acesso para manifestações referentes aos serviços oferecidos pelos órgãos públicos municipais. A reunião de apresentação do novo formato foi aconteceu nesta sexta-feira (4), no Auditório do Paço Municipal, com a presença do vice-prefeito Carlos Hilton Soares, da secretária da Controladoria e Ouvidoria de Sobral Fátima Lúcia e do vereador Gilmar Bastos.


O objetivo do Sistema é estabelecer um canal de comunicação com os cidadãos para que eles possam fazer suas manifestações, sejam elas nas áreas da saúde, educação, infraestrutura, limpeza urbana, entre outros serviços essenciais”, afirmou o vice-prefeito de Sobral, Carlos Hilton Soares.

Segundo a secretária da Ouvidoria e Controladoria do Município, Fátima Lúcia,"o Sistema de Ouvidoria permitirá o cidadão, a qualquer hora, cadastrar sua manifestação – seja ela uma sugestão, crítica, elogio, denúncia, solicitação e pedidos de sigilo formulados pelo cidadão relacionados aos órgãos da administração do Município – e acompanhar seu andamento. O Sistema permitirá o acesso também por dispositivos móveis”.

Novo Sistema de Ouvidoria




Instituído pelo Decreto Nº 1.795, de 31 de outubro de 2016, o novo Sistema de Ouvidoria de Sobral visa promover a articulação entre a sociedade e as ações governamentais, juntamente com a Ouvidoria, dando celeridade a partir do registro da solicitação à resposta das manifestações dos cidadãos, bem como a consolidação das informações, com o objetivo de melhorar o processo de gestão e de decisões governamentais.

Para acessar o novo Sistema, basta entrar no site da Prefeitura de Sobral (www.sobral.ce.gov.br), clicar na logomarca da Ouvidoria, realizar o cadastro de manifestação (com o nome completo, RG e dados residenciais) e acompanhar o registro. Em seguida, o cidadão receberá um número de protocolo via SMS para acompanhar a demanda solicitada.